-->

18 abril 2015

Palpitando - Primeiro Arco - Yahari no Ore Seishun Love Come wa Machigatteiru! Zoku



Só esclarecendo o que todos já devem saber: O primeiro arco de Oregairu compreende os dois primeiros episódios do anime. Segundo fans do MyAnimeList ele condensou muita informação do original, o que o tornou vítima de algumas críticas.

Preciso ressaltar em primeiro lugar que não li a light novel, não estudei sociologia e nem filosofia para escrever este post, estou me baseando integralmente no anime e minha opinião medíocre sobre relações sociais modernas para redigir este texto. Também gostaria de lembrar que não sou especialista em avaliação de roteiro, fotografia, trilha sonora e animação; não me formei em nenhuma universidade renomada de artes e estou longe de ter qualquer vocação no ramo, novamente, minha opinião medíocre terá de ser suficiente aqui. Agora deixando a enrolação de lado, vamos ao que não interessa: minha opinião.


Se você leitor ainda não assitiu Yahari Ore no Seishun Love Come Wa Machigatteiru (Oregairu para simplificar), sugiro que assista a primeira temporada imediatamente. Garanto que se sentirá muito mal ao refletir e questionar a integridade de suas amizades, mas ao mesmo tempo terá uma sensação de alívio ao concluir que os poucos que realmente podemos chamar de "amigo" e confiamos são um grande tesouro. Eu já relatei o quanto gostei do anime em um post passado (leia aqui se desejar) e digo que após revê-lo inúmeras vezes ainda sou dono de um grande carinho pelo mesmo, então tenho que insistir: Oregairu é um ótimo anime, acredito que conseguiria agradar a grande maioria dos fans de comédias românticas e até mesmo fans de mechas (Jeguy Hope é minha prova viva deste fato). Sei que acabei de dar um exemplo infeliz, mas entendam que este foi meu anime favorito de 2013 e simplesmente não consigo segurar minha empolgação com o lançamento de sua segunda temporada. As duas PVs  prometeram muito para todos os fans, e se o senhor leitor ainda não as viu, eu as deixo aqui a disposição:



Dito isso, vamos aos comentários dos primeiros dois episódios. Começando pelo que é impossível não perceber: a nova animação. Não mentirei que fiquei chocado ao ver o quanto os traços e cenários simples da primeira temporada se tornaram algo parecido com To Aru Majutsu no Index, e apesar de ser uma animação em geral "melhor", pode causar um pouco de incômodo nos mais "puristas" da série. Mas relato que não demorei mais que cinco minutos assistindo para me acostumar, claro que eu considerava os olhos de "peixe morto" do Hikigaya mais convincentes antes, no entanto, o coração do anime que são as interações do trio principal (Yuigahama x Yukinoshita x Hikigaya) e os problemas "sociais" da escola que eles precisam resolver continua intacto. Considerando este fato, por favor ignorem a animação nova caso tenham se incomodado, nem toda mudança é para pior e  seria bom se abraçássemos as coisas boas na vida, senão desperdiçaríamos todo nosso tempo reclamando de tudo e nunca viveríamos de fato.

Primeira temporada
Segunda temporada
Hayama e Hikigaya demonstrando não só com uma mas com duas animações  diferentes que o mundo será um lugar melhor enquanto houver amor.

Primeira temporada
Segunda temporada
Reparem que além de Yukinoshita não estar usando a mesma roupa, os detalhes luminosos estão consideravelmente diferentes entre as temporadas.


Comparação que encontrei na internet entre o character design de ambas as temporadas. (Fonte: https://twitter.com/kawaii_info/status/556754042722844675)

Com relação a nova OP e ED, penso que a primeira tem uma boa música, mas a animação se resumiu a construção de cenários, o que não fez muito sentido para meus olhos até agora; a ED eu gostei da canção, combina bastante com os sentimentos das duas mocinhas e o uso da câmera em movimento com todos os personagens estáticos é um cliché que nunca me canso nessas músicas tema, aprovado.


Oregairu é um anime que se resume ao trio principal (Hikigaya, Yuigahama e Yukinoshita) resolvendo problemas na escola, como amigos que se desentendem, representantes de festivais que não querem trabalhar e desentendimentos entre irmãos (só citando alguns). Nos casos mais extremos e complicados, Hikigaya estava sempre disposto a assumir o papel de vilão para resolver o caso, sempre passando a ser odiado por todos no fim. Este ponto continua inalterado, como todos devem ter reparado pela PV, este primeiro arco terminou com Hiki resolvendo mais um problema de seus colegas de escola, mas resultando em mais alguns vários problemas para sua reputação, desta vez até mesmo afetando Yukinoshita e Yuigahama. O contexto disso tudo envolve o colega de classe deles Tobe, o amigo chato do Hayama que sempre usa gírias em excesso, que se apaixonou pela Ebina, a amiga do Hayama que vive tendo fantasias entre homens homossexuais, e pediu ajuda ao trio para conseguir uma chance de pedi-la em namoro. Tudo corria bem até Hikigaya observar com atenção os sentimentos de Ebina e de todos os seus amigos para perceber que tudo acabaria de forma desastrosa, forçando nosso herói a agir novamente.

Acredito que todos os detetives de plantão devem ter averiguado como tudo terminaria, mas como não sou nenhum Sherlock Holmes da vida digo que fiquei totalmente surpreso com o final do arco e só posso dizer que foi um final MUITO BOM. A cena da declaração me deixou sem ar, seu ritmo lento e ausência de trilha sonora quase me deram um ataque do coração, e quando pensei que poderia voltar a respirar aconteceram mais coisas, a reação dos outros personagens e principalmente das mocinhas me deixaram tremendamente triste pelo Hikigaya. Tenho que dar ênfase a Yuigahama nesta cena, pois de todos os que estavam lá, ela foi a única que conseguiu dizer algo que realmente mexeu com o protagonista, logo ela, que é a considerada menos esperta do grupo, conseguiu inquieta-lo e fazer com que o mesmo se sentisse mal com sua falta de amor próprio. Foi uma cena simplesmente fantástica, assistam.



Yuigama e Yukinoshita após a "resolução" do caso

Não posso acabar este post sem falar do quanto estou apreciando a interação entre o trio (Yuigahama, Yukinoshita e Hikigaya), creio que já ficou bem claro que tanto Yukinoshita quanto Yuigahama sentem algo pelo Hiki, no entanto, infelizmente nada significativo ocorreu entre nenhuma das possíveis combinações deste triângulo amoroso. Oregairu Zoku começou bem neste aspecto, tanto Yui quanto a Yukino tiveram cenas bem fofas com Hikigaya, vamos lembrar de quando ele ofereceu a mão para Yuigahama se levantar na casa mau assombrada e quando Yukinoshita ficou envergonhada de voltar para o hotel de noite junto com ele. Além disso, também houveram momentos sérios entre eles: quando Tobe está jogando insultos ignorantes ao Hiki no primeiro episódio, as duas mocinhas o defendem com unhas e dentes, só faltaram aplausos para a cena ficar perfeita (brincadeira), aquilo foi muito legal.

E para finalizar, Yuigahama está obviamente fazendo seus avanços no mocinho, não? Desde que ela convidou Hiki para sair na temporada anterior já ficou meio claro isso, mas ela não parou por ai, eu até me sentiria mal pela Yukino, mas tenho que admitir que torço desde o início pela Yui, não creio que há alguém no anime que o entenda tão bem quanto ela. Devo lembrar a todos que estou apenas expondo minha opinião, se alguém discordar estou aberto a discutir o assunto numa boa (e sim, acho hilário Hikigaya e suas cenas fofas com Totsuka, mas não consigo ver aquilo como nada além de uma piada do anime, perdão).


Da esquerda para a direita: Yukinoshita envergonhada de estar andando junto a Hikigaya durante a noite; Yuigahama e Hikigaya compartilhando momento "fofo" na casa mau assombrada.


Nota: 10

Obs: Já assisti e gostei muito do terceiro episódio (gostei da nova animação da OP também), semana que vem possivelmente a adaptação do Volume 9 acabará e irei comentar a respeito. Até lá, vamos aguardar o quarto episódio juntos, se não sabem o que fazer para passar o tempo assistam Fate Stay Night (segunda temporada) cujo terceiro episódio já deve estar disponível (e foi incrível também).

Grato pela atenção, aproveitem o feriado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário