-->

24 novembro 2013

Jeguy Hope Joga - Fire Emblem (#1)


Olá a todos. Começando hoje esse quadro, teremos o jogo "Fire Emblem". Lançado no ano de 2003 para a plataforma Game Boy Advance, esse foi o meu primeiro contato com jogos de Estratégia em turnos. Hoje não seria a minha vez de postar, e sim do Kico7, mas como ele está ocupado, sou eu que estou postando por ele hoje.

Esse gameplay se dará na forma de vários posts, com o progresso feito durante alguns dias, porque esse jogo é mais hardcore do que casual, sendo mais adequado esse tipo de atualização.

Nas partes que não necessitarem de explicação, vou entrar no meu personagem do jogo e dizer o que eu responderia/diria na hora se fosse eu., que será indicado entre aspas. Eu espero que vocês, leitores, sejam capazes de entender pelo menos um inglês básico. Porque os gameplays vão ter várias cenas com diálogos, e traduzir um por um fará o post ficar desnecessariamente longo. Portanto, vou partir do preceito que vocês estão entendendo o que está sendo falado no jogo.

Agora chega de papo, está na hora de jogar!

A tela inicial do jogo

Como é possível ver, estou começando um jogo novo, sem nada feito previamente. Consequentemente eu também não posso escolher jogar no Hard, o jogo começará automaticamente no Normal.

Bem, hora de criar o "eu" da história. Eu acho esse ícone de jóia azul o mais legal, então eu peguei o Birth Month que dá ele. Nome e Gender foram escolhidos arbitrariamente.

Chapter: Prologue ~ A Girl from the Plains

Bem, a história até chegar nessa parte foi omitida, só sabemos que você foi encontrado pela garota, inconsciente, nas planícies.

Lyn será uma personagem importante para a história, e a primeira parte inteira girará em torno dela.

É, você mal acorda e já tem batalha.

"Digamos que não é bem assim que eu vou ajudar você, mas é quase isso ai."

"Não se preocupe, eu sei o que eu to fazendo se você me colocar com estrategista."

"Bem, hora de começar a batalha."

"Confia em mim, e ataca esse cara ai!" 

Nessa janela, podemos ver o HP de ambas as unidades, Mt, que é Might, e é equivalente a quanto de dano você dará por golpe, Hit, que é a probabilidade de acertar o ataque, e Crit, que é a chance de acertar um Critical Hit. Aquele 2x  em cima de Mt é sinal que a Speed da Lyn é alta o suficiente para poder atacar 2 vezes, enquanto o Bandit só ataca uma.

A Lyn acertou o primeiro ataque, -7 HP do inimigo, e o inimigo errou ela. 

Lyn acertou o segundo ataque, -7 HP. Agora está na hora do turno adversário. 

Esse mesmo bandido de antes atacou a Lyn e conseguiu acertar. -10 HP para Lyn e o HP dela está muito baixo.
Lyn contra-atacou e deu 7 HP de dano, eliminando o Bandit.

Nessa última batalha, Lyn foi ferida, e perdeu 10 HP de 16. Hora de recuperar, usando um Vulnerary. 

"Pronto, agora que você se recuperou, está na hora de voltarmos ao jogo e atacarmos esse boss!"

"Esse cara é mais forte que o anterior, mas acredita em mim que a gente ganha!"

Lyn acertou o Boss, dando 5 HP de dano nele. Logo após, o boss contra-atacou, e apesar da chance de 40% de acertar a Lyn, ele conseguiu acertar, causando 10 HP de dano. Novamente Lyn se encontra com HP muito baixo.

Lyn realiza o segundo ataque, que acerta e deixa o Boss com 11 de HP.

 "Relaxa, se você acreditar e executar os meus comandos, eu garanto a vitória para nós."

No turno inimigo, o Boss recuperou 2 de HP, e veio de novo atacar a Lyn, que caso ele acerte, irá morrer.

Eu disse "Caso", né. Se bem que, com 40% de chance de acerto, as chances estavam a meu favor. 

Lyn acertou uma vez o inimigo, causando -5 HP, e logo depois executou o Critical Hit, mesmo tendo uma mísera marca de 1% de chance de causar um Critical Hit. 

Antes que vocês perguntem, sim, todos os ataques feitos durante essa missão do Prólogo tem seus resultados fixos. A Lyn sempre dará o Critical Hit no final, e ela sempre irá receber dano duas vezes dos inimigos, desviará dos outros ataques e acertará todos os ataques dela.

O Critical Hit da Lyn, feito numa velocidade mais devagar para que vocês entendam melhor como ele acontece.

Não mencionei antes, mas todos os ataques, matando ou não o inimigo, dá Exp. Obvio que matar um inimigo dá bem mais do que simplesmente bater nele e tirar HP.  

Como de se esperar, o Boss deu bastante Exp. O suficiente para um Level Up.  

Foi um Level Up muito bom, já que em Fire Emblem, tem um Growth esperado dos Stats por cada classe, mas sempre pode acontecer de você dar azar e poucos stats subirem quando você sobe de nível. Subir 5 stats diferentes no mesmo Level Up foi excelente. Essa é uma das poucas partes que não é pré-determinada no Prologue, então podia muito bem ter dado um Growth péssimo nos stats.

Para finalizar a batalha, dar o comando Seize na base inimiga.

 "Ok, ok, estou todo a ouvidos, mas eu senti falta de uma comemoração da vitória."

 "Mas é claro, andar por ai sozinho, sendo que eu sou um estrategista e não um guerreiro, seria pedir pra ser roubado."

 "Lógico que temos que levar em consideração toda a parte de moral de uma garota viajar por ai com um membro do sexo oposto, então eu preciso fazer essa pergunta."

Essa é a parte em que temos um pouco de drama e explica-se melhor um pouco sobre a situação. 


Essa informação é relevante até certo ponto. Basta entender que a Lyn não gosta nada de Bandits.

Aqui, a Lyn decide que já chega de ficar lamentando pelos mortos e é hora de seguir em frente. Aproveitando que o protagonista apareceu, ela decide viajar com ele, e juntos, tornarem-se, respectivamente, mestre estrategista e uma guerreira inigualável.

E finalmente temos a continuação para o próximo capítulo.

E assim acaba a primeira missão do jogo, o prólogo. Foram bem mais imagens do que eu imaginava, porque logo no começo eu tive que explicar muita coisa, teve bastante diálogo importante para entender como se joga, e plot. As próximas 2-3 missões provavelmente serão assim para que eu explique os conceitos básicos, e quando chegar num ponto que eu já tenha explicado os pontos base, poderei apenas contar os highlights de cada batalha, as estratégias por trás e tudo mais, já que nas primeiras missões, eu serei obrigado muitas vezes a seguir as estratégias que o jogo manda fazer.

Antes que jogadores que conhecem o jogo comecem a falar, sim, eu sei que eu pulei a explicação de algumas coisas do combate. Eu estou planejando falar de cada coisa no tempo certo, quando o próprio jogo falar sobre elas durante os tutoriais.

E aqui acaba esse primeiro post da série de gameplays do jogo "Fire Emblem". Tenho que admitir, deu MUITO mais trabalho e MUITO mais dedicação que eu achei que daria. Quem diria que mesmo no emulador, um segundo a mais ou menos que eu aperto o botão pra salvar a Screenshot poderia dar tanta dor de cabeça? Eventualmente eu continuarei na série de posts desse tipo, e até lá talvez aprender a usar a ferramenta de Spoiler, que o Dan-sama já usou anteriormente para facilitar.

Até a próxima então, caros leitores.

Jeguy Hope, Gundam, Deru!

4 comentários:

  1. Qualquer outra língua. =-p

    - Jeguy do "Gundam, Deru!" é um cavalheiro agora?Quem diria que um piloto de mechas se adaptaria tão velozmente ao medieval?E talvez se tivesse a cor branca pra joias teria escolhido(Ela remete à predominância de seu avatar).
    * Chapter: Prologue ~ A Girl from the Plains
    - Não mostrar o rosto,corpo ou qualquer detalhe que identifique o personagem recém optado faz com que tenha que se acreditar piamente na "Lyn da Tribo da Lorca(?)".
    Me veio à mente que ela possa pertencer à uma tribo mongol,pois veja como a tenda se assemelha:
    http://4.bp.blogspot.com/_d4v07ma9x2s/S-kk_D2E-zI/AAAAAAAAAGo/v7IDZMLYkmY/s1600/Inside_of_Ger.jpg No mais,"salvei sua vida,agora ajude 'a salvar a nossa' que eu te ajudo".
    - É atacar os primeiros que avistarem só por garantia,é?Se bem que a mão do Mickey manda "Attack".De resto: Might(Mt => Poder),Hit como em "Hit Box(Os quadradinhos laranjas que delimitam o ataque)" e Speed para falar que Lyn faz combos,mais ou menos isso? ^^
    - Os bandidos também lá suas convenções/regras;uma arena que parecia ter uma movimentação 3D(aspas).Vê-se que com Iron axe andando(talvez),tu conseguiste escapar,mas no pulo ele te pegou... Vingou-se com um "ring out"? :-p
    - "Quem você pensa que é?" Deixou o cara com raiva você. ¬¬
    E daqui pareceu que se a Lyn piscasse,o machado a cortava(+ de 40% de chance);daí ele tomou espaço pra pensar na vida(...) ou pedir uma semente dos deuses.
    40% é um "por cento" mal,né?O 100% é o Special que dá tempo somente para fazer o último pedido(Dan-Sama te deu uma mão aqui??). o.o
    - 2 inimigos e um "Level Up!",é o início,né?Ainda deve ter auxiliado pela tensão de bater,apanhar,40%,ufa!Ou esquece tudo e diz que é aleatório. O-O
    - Ela Apreendeu(Seize) a base,no entanto ela não deixa a vitória subir a cabeça(ela é uma estrategista,oras) e também não se importa de andar com um(você Jeguy) já que estava todo baqueado,peso morto.
    Ela também se compadeceria com o drama de "O Último dos Moicanos"... Tem-se a dupla,só que a primeira foto diz que falta alguém de habilidade ímpar.Se tu invocaste com um cara,pensa na hora que virarem 2.

    NO PRÓLOGO VOCÊ apareceu demais,cara!Muito egoísta,você. Xp E é por aí mesmo;já que selecionou explicar o geral no começo,daria mais trabalho esperadamente do que serão 3-4 batalhas para zerar o jogo(?).Porém olha que o trabalho dos highlights pode nem diminuir;por ventura... =| -A menos que já esteja concluído;só aguardando o dia-.
    UM SEGUNDO A MAIS OU A MENOS faz diferença,imprecisão do próprio programa...(Cara de WTF para com o programa :/) E largou o texto com um mau presságio,alto desânimo repassado se a ferramenta "Spoiler" não for dominada.
    AO POST:
    DEU-SE VAZÃO em palavras ao tempo jogado e embora tenha atribuído a ele tanto esforço pra impor essa precisão,o mostrado foi bem ameno de ler e elaborar o comentário.E se pensar que já se passou 1/3 ou 1/4 de tudo,então parece ainda mais aprazível.MUITO BOM,apesar do abatimento vosso que deve ter sido estimulado em parte pelo adiantar da publicação.

    P.S.: Né por nada não,é só que a piada de dar gelo tá ficando repetitiva... ¬¬


    See you at next time!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tabibito-san.

      Não foi mostrado qualquer detalhe sobre o protagonista, personagem que você criou. Você só sabe o curto background que você é um estrategista e que a Lyn encontrou você inconsciente nas planícies. Sim, há uma semelhança da tenda dela com essas tendas dos mongóis. É possível que ela seja sim pertença a uma tribo de mongóis.

      Bem, como já dito no post, Might define quanto dano dará o ataque, Hit define a porcentagem de chance de acertar o inimigo e Speed define se você terá 2 ataques enquanto o inimigo terá apenas um, se ambos terão apenas 1 ataque, ou até que você terá 1 ataque, enquanto o inimigo terá 2.

      Em geral os Bandits tem a animação de batalha de pular no inimigo para bater, e ela não muda acertando ou não. Me vinguei derrotando o Bandit mesmo, quando você derrota uma unidade inimiga, ela some. Ah, como a batalha é em turnos, não temos uma batalha muito dinâmica. É sempre um ataca enquanto o outro fica parado.

      O Critical Hit, naquela batalha, tinha uma chance de 1% de acontecer, mas devido a como o jogo foi configurado, o resultado daquela batalha já estava decidido. Então o Critical Hit tem 100% de chance de acontecer naquela hora porque assim foi definido pelos programadores do jogo. Não, Dan-sama não me deu uma mão aqui, eu achei esse gif na internet.

      Ah, mas é a verdade. Os stats que aumentam com o Level Up são randômicos, aliás, a única parte realmente decidida randômicamente daquele prólogo.

      Não se esqueça que ela é a guerreira e o estrategista sou eu. Eu posso não ser muito útil diretamente em batalhas, mas são boas estratégias que ganham uma guerra.

      Realmente, durante o prólogo o protagonista aparece muito. Também é só durante essa parte, e batalhas importantes. Exceto essas situações, eu quase não sou mencionado. O fato é que durante as 3-4 primeiras missões, ainda estão sendo explicados os pontos básicos do combate e do jogo. Eu vou ter que gastar muitas screenshots explicando essas partes, e só depois de passar dessas missões iniciais que eu vou poder só mostrar o resultado de batalhas durante o turno, partes importantes da história e acontecimentos relevantes durante as batalhas.

      O fato é que a ferramenta "Spoiler" só pode ser implementada no post caso eu mexa no código-fonte do post, o que requer um pouco de conhecimento da linguagem de programação HTML. Eu sei um pouco, mas eu vou ter que estudar mais para conseguir usar a ferramenta Spoiler.

      Até a próxima então, Tabibito-san.

      Excluir
    2. XDD Jeguy Hope!


      Nossa!Eu tenho que ter mais cuidado com os sinais de "< ou >",pois os comentários ficam entendendo como tags de HTML,e eu bem que estranhei o comprimento das minhas dissertações. O-O.Eu coloquei na saudação e ele suprimiu toda o trecho a seguir abaixo.Notou que " Qualquer outra língua. =-p" não tem muito sentido quando se trata da minha pessoa iniciando o comentário,e bem como a quaisquer pessoas principiando uma conversa.E sem mais delongas,o trecho suprimido que reescrevo com música,e demais partes:

      " Link musical: http://www.youtube.com/watch?v=5DpUqoT0iX0&list=PL0B5C65DCC50991E9&index=1&hd=1 .Pertencente ao encerramento dos 2 OVAs de Gunnm(ou Battle Angel Alita,em inglês),mas essa é a FULL VERSION.
      É uma música intimista com carga dramática,senso de vintage(pros rocks nos dias de hoje),pausas aparentemente irregulares nas batidas e performada por Kaori Akima.

      UMA IMAGEM DE (DA) CAPA já pra iniciar a ilustrar que os heróis de Fire Emblem não se acovardam e cobrem os coleguinhas que estão se ocupando com outros afazeres,que não são sobre salvar alguma nação medieval fantástica. ;p
      E NÃO LEMBRO SE LEMBRO o que era "Press Start",porém vou tentar entender o inglês básico... porque diferentemente da maioria de obras de ficção;não temos um tradutor automático de Qualquer Língua para -> Qualquer outra língua. =-p

      "- Jeguy do "Gundam, Deru!"..." E assim continuaria meu comentário como pôde perceber...


      See you at next time!

      Excluir
    3. Eu realmente achei estranho o comentário começar daquele jeito, mas achei que talvez você estivesse escrevendo o comentário, resolvido apagar uma frase no começo e deixou sem querer aquela frase sobrar.

      Sobre a música, pelas lyrics e pelo rítmo dá pra perceber que é uma música mais dramática.

      Digamos que tem sim a ver com salvar uma nação medieval fantástica, várias delas ao mesmo tempo, por sinal.

      Bem, eu confio que meus leitores devem saber um inglês básico, então eu não traduzo o que é aparece nas imagens e não precisa de um inglês muito avançado para entender. Quando precisar, eu traduzo, já que tenho um nível de inglês mediano.

      Até a próxima, Tabibito-san.

      Excluir