-->

07 abril 2012

TOP 10 - momentos dramáticos e emocionantes



Já faz quase um ano que me apresentei neste humilde blog, e lembro de ter escrito que meu gênero favorito em animes é "drama". Pode parecer estranho, vindo de alguém que postou só sobre comédia e harém, mas o que eu mais gosto na animação japonesa são os momentos dramáticos. Não me entendam mal, não gosto de ver meus amados personagens sofrendo, no entanto, gosto de ver a maneira como eles reagem a isso e, em alguns casos, superam. Devo ter conseguido expressar um pouco do meu amor pelo gênero e, por isso, acompanhando a série de posts "TOP 10" de meus colegas Jeguy e Dan-sama, farei meu TOP pessoal dos momentos dramáticos que mais me marcaram em minha "carreira" (não remunerada) de otaku.

Não há um critério fixo para decidir a colocação deles, decidi cada um de acordo com o impacto que tive ao assisti-los. Visto isso, já aviso que não há uma lógica na superioridade ou inferioridade de determinada cena.

OBS: Não achei todos os links das cenas no youtube, então, coloquei também o episódio em que cada uma destas cenas ocorre em seu respectivo anime.

PERIGO - (MUITOS) SPOILERS

10- Hanasaku Iroha: "Latido da noite"




Momento: Última cena do episódio 11

Descrição da cena: Ohana está chorando nos braços de Minko, após uma série de encontros e desencontros com seu passado.

Como chegamos aqui: No início do anime, por algumas razões, Ohana foi morar na casa de banho da sua avó. Lá, ela tinha que trabalhar como camareira para "pagar" sua moradia, algo totalmente novo em sua vida. O início foi difícil, houve uma certa rejeição por parte de seus colegas de trabalho, mas Ohana conseguiu se adaptar e enturmar aos poucos. Esse período de adaptação é explorado na primeira metade do anime e a cena em questão é o clímax, momento em que Ohana, já acostumada a nova vida, visita sua terra natal e reencontra sua mãe e seu "namorado". Nenhum dos dois encontros foi muito agradável para a jovem, que a fizeram sentir o peso de ter "abandonado" algo e resultar no derramamento de suas lágrimas (momento da cena).



Comentando: Este é o tipo de cena que abala o expectador na primeira vez em que é assistida. A visão de Ohana chorando desesperadamente num cenário noturno e chuvoso, somado a música "Saibou Kioku" (nano.RIPE), causam uma sensação de desconforto e solidão. Ohana estava se sentindo exatamente assim, e por não saber como reagir, deixou aquela explosão de emoções sair através de lágrimas. Não é nada profundo, mas é um sentimento que quem sai de casa para morar fora deve compreender.



9- K-ON!!: "Foi divertido"


Momento: Fim do episódio 20

Descrição da cena: Conversa entre as membras da banda após o último e melhor show que fizeram na escola.

Como chegamos aqui: Após três anos juntas (dois para a Azusa), a banda Houkago Tea Time faz seu último show no festival escolar. Como todas elas disseram: "Foi divertido", mas nada dura para sempre, este é o último ano letivo de quatro das cinco membros da banda. As cinco estão com aquele sentimento vazio de "acabou, mas valeu a pena", todas as memórias felizes feitas viram o início do sentimento de saudade.



Comentando: Na minha opinião, a melhor cena de todo o anime (menos o filme, que ainda não assisti), afinal, muitos já devem sentir isso em seu último ano de escola. Apesar de guardar lembranças duras (provas, trabalhos, lições...), também há boas coisas que desejaríamos que durassem mais tempo, como o contato com os amigos. Tudo quando acaba é triste.


8- AnoHana: "Desde o amanhã depois daquele dia..."



Momento: Fim do primeiro episódio.

Descrição da cena: Jinta sai a procura de Menma no meio da noite.

Como chegamos aqui: Estamos bem no início do anime, só sabemos que Menma morreu, algo que afetou fortemente a vida de seus seis amigos, principalmente de seu amado Jinta, atualmente um NEET. Menma aparece para Jinta, ele acredita que ela seja uma alucinação resultante de seu estresse, e por isso a destrata. No fim, quando a "alucinação" vai embora, ele sai a sua procura pois acredita que a "projetou" para que
pudesse se desculpar por algo que disse a ela no passado (um dia antes dela morrer).



Comentando: Eu gostei de AnoHana como um todo, no entanto, o primeiro episódio foi o melhor de todos. A sutileza que o anime tinha de contar o que aconteceu com os personagens e o que eles sentem era incrível, e está última cena foi como uma explosão na mente de Jinta, que reprimiu seus sentimentos durante todo o episódio, ele sai correndo pela rua desesperadamente para poder corrigir seu erro passado e, em tese, ser sincero consigo mesmo. É essa a sequência que me convenceu a ver o anime até o fim e não me arrepender.

7- Chrno Crusade: "Isto é um pacto. Minha vida por você."


Momento: Final do episódio 21

Descrição da cena: Maria Madalena faz um pacto com o demônio Chrno para que este não morra.

Como chegamos aqui: O que é visto é o passado de Chrno, o demônio e pecador. Chrno está fazendo parte de um grupo de demônios que estão se rebelando no inferno e para completar o plano, eles precisariam de Maria Madalena. Aion, o líder do grupo, percebe que ela está influenciando Chrno e ordena que este a mate. Chrno recusa o fazer e por isso é atacado por Aion, que lhe arranca os chifres, a fonte de poder de todo demônio. Por fim, Chrno está quase morrendo, então Maria Madalena resolve fazer um pacto com ele, em que a energia vital dela substituirá os chifres dele, fazendo com que assim, ele possa se curar e sobreviver. No entanto, isso custaria a vida dela...


Comentando: Cenas de morte costumam emocionar, esta não é diferente. Aqui os dois eram amantes, um amor obviamente impossível, afinal, ela é uma Santa e ele um Demônio. No início do episódio ela diz que sabe que ele irá mata-la, isso preocupa tanto Chrno, quanto o expectador, e é só nesta cena que entendemos isso. Ele não a matou diretamente, ela deu a sua vida a ele. Em muitos shounnens vemos mortes, mas aqui a coisa emociona mesmo. A música de fundo e as falas são simplesmente perfeitas neste momento e tornam a morte passional dela triste e bela ao mesmo tempo.


6- True Tears: "Eu vou consertar tudo"



Momento: Final do episódio 10

Como chegamos aqui: Este é meio complicado de explicar, pois a história desta é longa. Simplificando, Hiromi morava de favor na casa de amigos de seus falecidos pais. Lá, era distratada pela mulher da casa e mãe do protagonista, Shinnichiro. Este, que é apaixonado por ela, percebe que a garota é infeliz, mas nunca teve coragem de a consolar. A cena ocorre quando ela se muda. Ele não foi a ver no momento em que ela se despediu de todos, no entanto, depois tomou coragem de ir atrás dela. Ao se encontrarem, ele diz: "Eu consertarei tudo."


Comentando:  Este é o momento em que Shinnichiro deixa de lado sua insegurança e vai atrás da garota amada. Hiromi não precisava de um novo lar, mais conforto ou qualquer coisa do gênero. Ela precisava de alguém ao seu lado, e desejava que este alguém fosse ninguém mais que o Shinnichiro. É nesta cena que ele percebe isso. Não que o final do anime tenha sido ruim, mas esta cena teria dado um excelente encerramento para o anime (se esquecermos as outras heroínas, é claro).


5- Suzumiya Haruhi no Shoushitsu: "READY?"


Momento: Clímax do filme (2:53)

Descrição da cena: Kyon tem finalmente a chance de consertar tudo, mas não tem certeza se isso é o melhor para a Nagato.

Como chegamos aqui: (SUPER SPOILER) O filme retrata Kyon entrando em outro mundo, onde não conheceu Suzumiya Haruhi, logo, não há acontecimentos sobrenaturais. Depois de investigar, ele descobre que a responsável por isso é Nagato Yuki, a alien do grupo, que estava cansada de consertar as besteiras da Haruhi, e por isso criou um mundo "comum", onde todos vivem em paz. No momento de consertar as coisas, Kyon fica em dúvida, entre o mundo "divertido"(com a Haruhi), e o "normal" (sem a Haruhi). Afinal, o segundo é aquele em que Nagato tem a oportunidade de viver como uma garota normal, mas o primeiro é mais "interessante" (palavras do Kyon).


 Comentando: Kyon é caracterizado pelo seu sarcasmo, utilizado geralmente em seus monólogos para criticar as atitudes diferentes da Haruhi. Nesta cena o "eu" sarcástico do Kyon entra em conflito com o "verdadeiro" Kyon. Como assim? Sabemos que Kyon se revolta com as loucuras da protagonista do anime, no entanto, ele nunca saiu do lado dela, sempre a acompanhando em seus planos (reclamando, mas ainda assim...), logo, podemos concluir que ele não a odeia tanto quanto diz. Este monólogo do filme é o conflito do "senso comum" dentro dele e seus verdadeiros sentimentos, em alguns fóruns eu vi fans criticando esta cena, pois a consideraram desnecessária, mas eu digo, sem ela, o filme perderia muito de sua qualidade final.


4- Air: "Mama!!!!"


Momento: Fim do episódio 11

Descrição da cena: Misuzu e sua mãe se abraçam no meio da praia, após uma breve separação.

Como chegamos aqui: Misuzu tem uma "doença", que a impede de ficar muito próxima das pessoas, ou seja, se ela faz amizade com alguém, adoece. Por isso, Haruko, sua mãe adotiva, sempre manteve uma certa distância dela, então, ambas apenas convivem, nada mais. Após muito esforço do protagonista Yukito, Haruko resolveu assumir seu papel de mãe e ser feliz com a filha. No entanto, por causa de sua doença, Misuzu acaba perdendo a memória e esquece tudo, e para piorar a situação, seu pai biológico resolve voltar e busca-la. O pai de Misuzu dá três dias para Haruko ficar com Misuzu e depois busca-la. O grande dia chega, e no por do sol, enquanto Misuzu está adormecida, seu pai começa a leva-la embora. Esta, ao acordar, foge dele, e grita alto o nome da pessoa com quem deseja ficar, sua mãe (MAMA).


Comentando: Jun Maeda, o autor de boa parte das obras da Key (visual novels), é o meu ídolo, não houve uma de suas histórias (das que eu vi) que não tenha gostado, e Air não é diferente. Por mais confuso que seja o anime, uma coisa é compreensível, o arco de Misuzu é magnífico. Eu fico triste por Yukito não aparecer nele (como pessoa), mesmo assim, Haruko faz um trabalho ótimo como protagonista. Ela se esforça ao máximo para recuperar o tempo perdido que não teve com a filha nesses últimos anos e a cena da praia, esta em questão, é comovente demais.

3- Mawaru Penguindrum: "Essa é a nossa punição!"



Momento: Clímax do último episódio.

Descrição da cena: Os "gêmeos" Shouma e Kanba abrem mão de sua existência para salvar suas amadas.

Como chegamos aqui: Mawaru Penguindrum é um show de simbolismo, cheio de cenas abstratas e de difícil compreensão a primeira vista. E como minha leitura dos fatos é provavelmente diferente da de muitos outros, não irei a dizer aqui.



Comentando: Kanba e Shouma não são irmãos de sangue, mas são muito parecidos, e tomaram a mesma decisão neste final, ambos tiveram sua existência apagada do mundo, para salvar as suas mulheres amadas e evitar uma mudança drástica no mundo. Morrer é triste, mas sempre haverá alguém que, provavelmente, lembrará de você, no entanto, esses dois seriam esquecidos por todos. Foi uma decisão nobre, resultando em um final não muito feliz para os irmãos, porém, ainda assim, belo.


2- Angel Beats: "Tem uma caneta?"


Momento: Metade do episódio 9

Descrição da cena: Um grupo de alunos soterrados, que estão quase morrendo, por influência de seu líder (Otonashi), colocam em seus RGs que desejam ser doadores de órgãos.

Como chegamos aqui: Otonashi perdeu sua irmã recentemente. Para evitar que outros sintam o mesmo que ele, resolve estudar para virar médico. No caminho para o vestibular, o trem que Otonashi estava de passageiro sofreu um acidente. Ele e mais um grupo de jovens ficaram soterrados. Com o pouco conhecimento de medicina que tinha, conseguiu manter o grupo vivo por alguns dias. Em seus últimos minutos de vida, colocou em seu documento de identidade que é um doador de órgãos, dando um sentido a sua vida e estimulando o resto do grupo a fazer o mesmo. Logo após isso, a equipe de resgate os encontra, porém, Otonashi morre pouco antes.


Comentando: Um dos únicos episódios que se passa majoritariamente fora do pós-morte, pois é um flashback do passado de Otonashi. Ver o protagonista se esforçando para ajudar os sobreviventes a se manterem unidos e vivos, mesmo que sem total sucesso é algo admirável. Eu pessoalmente acreditei que todos lá iriam morrer, no entanto, os esforços de Otonashi não foram em vão, o triste é o fato de justamente ele não ter saído vivo. O mundo não é justo...

1- Clannad After Story: USHIO


Momento: Segundo bloco do episódio 18

Descrição da cena: Tomoya e sua filha se abraçam no meio do campo de girassóis.

Como chegamos aqui: Simplificando, Tomoya não tem uma relação boa com seu pai(anotem isso, será importantíssimo), Naoyuki. Tomoya e Nagisa eram um casal feliz. Durante o nascimento de sua filha, Ushio, Nagisa veio a falecer. Após isso, Tomoya caiu em depressão, e deixou a filha sob os cuidados dos avós, e por 5 anos, viveu afastado dela. Sanae, a mãe de Nagisa, e Shiino, a avó de Tomoya, planejaram uma viagem em que Tomoya e Ushio iriam juntos. No fim da jornada, Tomoya encontra com sua avó, e depois de uma certa conversa, percebe que a sua presença como pai para Ushio é muito importante. Após isso, se desculpa com Ushio e resolve assumir a responsabilidade de pai e ficar ao lado dela.


Comentando: Finalmente, o primeiro colocado. Muitos acreditam que está cena seria o "final" ideal para o anime, eu o amo inteiramente, então, não opino nesse departamento de discussões. Bem, indo aos negócios. Tomoya não ficou ao lado de Ushio por não se considerar digno de fazer alguém feliz, pois se considera o responsável pela morte de Nagisa. O que não sabia é que Ushio sempre esteve esperando por ele, a garotinha sempre quis ficar mais próxima do pai. Obras da Key tendem a falar da relação familiar, e Clannad foi, se eu não me engano, o primeiro a abordar a relação pai-filho(a). Nesta cena há vários elementos simbólicos, como o fato da Ushio, por ordem da avó, só poder chorar no banheiro e nos braços do pai, fazendo com que concluamos que ela está segurando a tristeza e solidão desde sempre e só deixando isso sair quando finalmente ficasse junta ao pai, que é o tocante momento desta cena.

_________________________________________________________________________________

Observação: Pensei em colocar obras do Makoto Shinkai aqui, mas como os filmes inteiros dele são inteiramente dramáticos e emocionantes, ficaria difícil eu comentar "cenas" tão longas.

Nota: Na minha primeira tentativa, este post teve só cenas de Angel Beats, Clannad, Kanon e Air em meu TOP 10, tive que respirar um pouco para não ser influenciado pelo meu fanatismo pelas obras da Key (e do grande DEUS, Jun Maeda).

11 comentários:

  1. Conselheiro Incubator7 de abril de 2012 22:43

    Gostei da lista caro discipulo, ainda mais tendo Clannad em primeiro ^^ (ganhou alguns levels depois dessa).

    Aliás, acho que não há cena melhor em Clannad do que essa, também fiquei surpreso de você lembrar de true tears, já que nunca tinha ouvido você comentar dele. Se fosse incluir alguma outra cena, uma bem legal é de ef ~a tale of memories~, a cena do telefonema entre a Miyamura e o Hirono, que pode não ser um primor de animação, mas é muito bem executada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que o senhor apareceu para ler meu post, Mestre.

      Achei que o senhor repararia no número 10 da minha lista.

      True Tears é um dos meus romances favoritos, não tinha como eu não falar dele.

      O telefonema de Miyamura e Hirono não me fez "vibrar" tanto quanto as outras daqui. Pensei em colocar a cena final de Melodies (o reencontro da Yuuko e do Yuu), mas desisti pois seria muito difícil explicar o "como chegamos aqui" dela. Em memories, a cena que mais me incomodou foi a da "caixa postal" da Miyamura, é a mais "tensa" de todas, no entanto, não é emocionante, apenas perturbadora.

      Excluir
  2. Eu não cheguei a ver todos os animes citados, mas concordei com uns e outros não, Ano Hana foi muito forçado mas de certa forma bom. Angel Beats própriamente eu gostei, a vida é realmente injusta Otonashi pode ter morrido sem ter feito nada util mas mesmo depois de morto ele foi de alguma maneira importante. Quanto a Clannad, isso eu tenho que concordar a Cena de Ushio e Tomoya no campo de girassóis foi ótima, confesso que foi meio dificil conter as lágrimas, e olha que eu não gostei nenhum pouco da primeira temporada de clannad, assisti ela forçadamente, a segunda eu assisti e achei que ia ser a mesma coisa, mas não me arrependo em moemnto algum até hoje. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ve-lo novamente aqui, Daegar.

      AnoHana teve suas instabilidades, mas ainda assim é um dos melhores dramas do ano de 2011. O mesmo vale para Angel Beats, falhou pela falta de tempo (13 episódios não foi o suficiente) e desenvolvimento estável, mas ainda assim, teve ótimos personagens com ótimas histórias de fundo, dois animes imperdíveis na minha opinião.

      Eu gostei da primeira temporada de Clannad, mas não na mesma escala que After Story. Para dizer a verdade, terminei a primeira temporada meio "enjoado" da série, mas depois da insistência de um certo amigo meu, acabei vendo a segunda temporada e não me arrependo também, tanto que Clannad virou meu anime favorito até hoje!

      Excluir
  3. Como é que vai Kico7!


    Já está próximo de completar 1 ano de estágio não-remunerado..?Vai ter bolo?Festa..?Pelo menos um cupcake..?
    E no embalo dos "TOPs(Este negócio de listar as coisas tem lá seu fascínio no imaginário coletivo XD)" veio com o de situações dramáticas,provando que adora também visualizar[e quem sabe participar] as Glândula Lacrimais demonstrando do que são capazes. =P


    Se tratando deste post,'In my Opinion' relato que :

    {+}Resumidamente,o investimento em quantidade e procurar detalhar os conteúdos do enunciado:
    1ª Abundância(35 ao todo) das IMAGENs e a qualidade das mesmas.
    2ª Boa descrição que responde as perguntas :Quando?O quê?Como..?E o seu porquê de preferí-las.Além do destaque visual a estas questões.

    {-}Ao 'condensar blocos' abdicou de manter uma 'naturalidade mais ampla'.E a falta de acentuação tira um tanto da ênfase dum post que em si deseja exaltar,isto é,"Post de Tops":
    1ª Antes das posições 10,07,03,01 poderia dar mais outra linha de espaço.
    2ª A pontuação(pausas nas sentenças,acentos esquecidos,parágrafos reduzidos para explicar os acontecimentos talvez devessem ser repensados etc.) poderia ter ficado melhor.Neste caso,não posso ser mais específico porque teria de ler rigorosamente tudo,logo pegaria os Spoilers.Ou reproduzir longos trechos,o que neste momento não convinha esta labuta desnecessária.


    Em se tratando de Air(TV),a cena em si é um bom exemplo de destaque dramático em animes,gostei! =).Todavia desejaria saber mais da sua citação: "Por mais confuso que seja o anime"...Vê o enredo da animação meio complicado de entender de uma maneira geral para o público ou além disto se incluiu nesta faixa de pessoas?
    Nota = Interessante!Vejo os acontecimentos desta série televisionada até bem simples,o que em Air desconsidero ser um desmerecimento.


    P.S.:
    1º Se acharem viável e/ou gratificados poderiam comemorar também o aniversário do "http://raiburari.blogspot.com.br"
    2º Ler este texto,requis um metódo mais alternado/sortido,o qual foi até 'gratificante' de tentar: Ler o título de um;o 'Momento:' da posição seguinte;a 'Descrição da cena:' na outra opção;o 'Como chegamos aqui:' do outro e o 'Comentando:' noutra escolha.Não necessariamente nesta ordem e excetuando Air que já vi,logo o li por completo.
    3º A demorinha em comentar se deve a uns "imprevistos ocasionais" e para bolar um metódo de pular/desencaixar Spoilers.

    Passar bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anônimo, infelizmente nenhum dos membros do trio se encontra disponível agora para isso.

      Sinto muito pelos erros gramaticais que cometi. Aqueles que já me desculpei em meu post de apresentação.

      Vou me restringir a questão de Air. Não o desmereço, pelo contrário, eu amo tanto a série, que até a coloquei em meu top. Air possui algumas cenas que requerem um pouco de reflexão para compreender (como a última cena e a questão do corvo), devido ao seu teor abstrato, por isso acaba não sendo tão bem recebido por muitos (inclusive meu Mestre).

      Excluir
  4. Como é que vai Kico7!


    Que chato,hein?Não poder expressar o contentamento com os "próprios progressos." :[ <= Remete ao 1º Parágrafo.
    Pois é... Quis somente exemplificar o impacto deste fato aplicado a este enunciado. ;] <= Refere-se ao 2º Parágrafo.
    Que peninha!Os simbolismos de Air{pelo que devo me recordar} fazem muito sentido nos rumos que vai se encaminhando a estória desde o princípio,incluindo a inerente reflexão cômica/dramática desta animação para TV que VAI ALÉM DOS OLHOS GRANDES. O_0


    Nota: O pessoal aí do alto sumiuuu...Falam que Agosto é o mês do 'Cachorro Louco',mas em Março é que ficam dizendo que é TENSOoo.


    Passar bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simbolismos de Air são bem feitos, mas são complicados para os pragmáticos. Mas ainda assim, acho que tanto Air quanto Angel Beats teriam sido melhores se houvessem pelo menos 15 episódios na série de TV (12/13 episódio é muito pouco)

      Excluir
  5. Posso até ser sem coração, mas a cena de Chrno Crusade e Suzumiya Haruhi no Shoushitsu eu não esbocei nenhuma emoção, diferente de quase todas as cenas de Angel Beats. Se fosse no meu caso, eu colocaria aí a morte do Kittan (Tengen Toppa Gurren Lagann) e o começo de Kimi ni Todoke.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Soneca.

      Eu teria feito um top 10 só com cenas de Angel, Clannad, Air e Kanon, mas ia ficar fanboy demais.

      Sinto muito, mas a morte do Kittan não me entristeceu tanto, pessoalmente fiquei mais tocado com a morte do Kamina. O começo de Kimi ni Todoke é "romântico" e "fofo", coloco ele em outra categoria, mas ainda assim, é ótimo, o final do primeiro episódio (capítulo no mangá) foi o que me inspirou a ver o anime até o fim.

      Excluir
  6. Como é que vai Kico7!(3)


    Para embalar esse momento: https://www.youtube.com/watch?v=7oQuvXgQDr8&list=PL0434E6A6AD619E2A => A Insert Song chamada de 'Bonds',a mesma que foi empregada na cena
    original.

    Voltar aqui,numa postagem de Spoilers dos "TOP 10 - momentos dramáticos e emocionantes",significa fatalmente que assisti a pelo menos um anime que está listado aqui.Fiz isso também em 3 comentários com o anime Suzuka,lembra-se: O post de 12 de Novembro de 2011 que foi simplesmente nomeado de "Suzuka",vim a comentar nele em 3 de Fevereiro de 2012 e depois voltei para recomentar dos Spoilers e de mais assuntos em 1 de Outubro também em 2012(CLARO,pois o de 2013 não veio ainda!).Mas deixando a introdução que deve ter atiçado a curiosidade,falarei do tópico "7- Chrno Crusade: 'Isto é um pacto. Minha vida por você.'"

    ## Altos Spoilers de Chrno Crusade(Leiam por conta e risco):
    Como me recordava,a oração "Isto é um pacto. Minha vida por você." realmente está dessa mesma forma,exceto pela pausa que na versão do trabalho conjunto dos fansubs OMDA & Baka-Br que não deixam tudo a aparecer na mesma oração,separando as orações para não modificar o suspense do que viria após a primeira sentença falada dos 17:16 min aos 17:20 min no episódio que acompanhei.

    A gente sabia que Mary Magdalene morreria,Chrno se culparia por muito tempo e o roteiro não escondeu isso.Pelo contrário,a forma de progredir o anime dependia desse momento e Mary Magdalene anseiava pelo seu momento de sacrifício similarmente a gente que tinha chegado quase no antepenúltimo episódio(21 de 24 episódios) e desejava ver como esse "rolo" em flashbacks("Flash",né?Porque não era um tema que quaisquer pessoas gostariam de ficar repetindo a desconhecidos como se fosse uma piada para quebrar o gelo) se desenrolava.

    E se lembra,a poderosa profetiza Mary Magdalene(Maria Madalena) do demônio e pecador(REBELDIA É O PECADO DELE) que queria conhecer o seu inevitável assassino -Era inevitável dessa forma para ela,por meio de seu poder de profecia 'extremo' a sua morte findaria o encontro deles-.E quanto à morte dela,refle-se dessa meneira: Ela se apaixonara por seu algoz,e já que morreria mesmo,escolheu dar sua vida por ele(Sacrifício).Mas também doutra forma,"Só agora entendo... Nós dois,diante dese pacto,nos tornaremos uma só existência. Nosso sangue correrá ao mesmo tempo.",diz Maria Magdalena de 17:35 min até os 17:46min a Chrono.Ou seja,é uma forma de continuar vivendo até o fim com seu amor tragi-romântico("Enganou a morte"...Não foi bem o que procurava,mas em termos assim se deram os fatos);escolheu como morrer e deu valia à sua vida,independemente da sua sina de amor proibido.E claro,frustrou os planos do ardiloso Aion,que é o "dever" de uma santidade.

    Já quanto o que cerca a ambientação da cena,eu gosto das sutilezas: Folhas secas e petálas voando pela planície com seu vento leve sobre tudo,ouvia-se os grilos cricilando e os pequenos ruídos que tiveram,a música tocada pelos violinos(pelo menos 2 tinham) e pelo violão e a despedida em paz,apesar das circunstâncias que há pouco os fizeram deixar a montanha e ir parar lá embaixo.Enfim,tiveram a chance de se despedirem,porém ninguém além de Maria Magdalene se sentiu compensado de alguma maneira.

    E não me esquecendo,o que foi elemental descreveu nessa parte da postagem.Extender muito...deixaria as outras cenas com ciúme. ^^
    * Nota: Se bem entendi em "http://1.bp.blogspot.com/-PehOy6xbGhQ/T3-Wt3R0k8I/AAAAAAAAAtQ/G2yhGSlvK5Y/s1600/Chrno%201.jpg ",ele deu uma pancada das garras de Aion no estômago de Chrno com o braço esquerdo e no segundo hit ele arranca os chifres com o braço com ambos os braços.


    E por hora é isso Kico7...
    Passar bem!(3)

    ResponderExcluir