-->

12 janeiro 2012

Primeiras Impressões - Kidou Senshi Gundam SEED HD Remastered (2011)


Bem, eu normalmente não faço esse tipo de post, mas estou excepcionalmente aqui hoje para falar sobre a mais nova versão Remasterizada do Gundam Seed e comparar o primeiro episódio dela com o da versão de 2002.

Apesar de saber que Gundam SEED fez um sucesso estrondoso no Japão, após o aparente cancelamento do filme de Gundam SEED, aparecimento do Gundam OO, filme do OO, Gundam Unicorn e Gundam AGE, posso arriscar dizer que ninguém, nem mesmo eu mesmo, iria suspeitar de uma versão remasterizada desse grande anime.

Aviso: A partir daqui, haverão potenciais spoilers sobre a história do primeiro episódio. Caso não queria vê-los, não leiam a partir daqui.

Logo no começo, pude notar na cena inicial em que aparece uma foto, que após esse resize da imagem, algumas cenas ficaram estranhas, como essa cena da foto, em que o background da foto está quadriculado, problema que se repete por certas partes do episódio. Fora isso, pode-se perceber que o após a remasterização, a imagem ficou muito melhor. Outra mudança, dessa vez, para melhor (pelo menos para mim), é na Opening, na hora que aparece o nome do anime, é possível ver no canto inferior direito: 2002,2011 Sunrise (Fato que mostra uma preocupação em deixar claro que essa é a versão Remasterizada). Outra mudança, logo após aparecer toda a crew da Archangel, é que na versão Remasterizada, aparece rapidamente o ZGMF-1017 GINN Miguel Aiman Custom (Característico pela cor laranja), que não aparecia na versão de 2002. Mais outra mudança, também na Opening, logo após aparecerem os 4 membros do Esquadrão Creuset que possuem Gundams, é um flash bem rápido de uma tela onde se lê:

GAT-X303 AEGIS Gundam
BUSTER Gundam GAT-X102
GAT-X102 DUEL Gundam
BLITZ Gundam GAT-X207
ZGMF-1017 GINN 

(Acredito que o GINN, que aparentemente estaria fora de lugar, seja correspondente ao Miguel Aiman, que também era parte do Esquadrão Creuset, mas por causa de certos eventos, muitos não irão se lembrar dele no futuro)

Logo após essa tela de rápido flash, há outro flash tão rápido quanto esse, onde aparece:

Athrun Zala
Dearka Elthman
Yzak Jule
Nicol Amarfi
Miguel Ayman

(Levando em consideração o outro flash anterior, é cada unidade com seu piloto respectivo)

No lugar desses dois flashes, na versão de 2002, ocorria um rápido flash de uma unidade que apareceria mais futuramente, o MBF-M1 M1 Astray.

Após esses flashes, mais uma mudança, em vez do Mu La Flaga, em seu TS-MA2mod.00 Moebius Zero lutar contra um ZGMF-1017 GINN genérico, da versão de 2002, na versão de 2011, ele está lutando contra o ZGMF-1017 GINN Miguel Aiman Custom. Após isso, na cena em que aparece a dama de cabelo cor de rosa com seu Haro rosa, (Não irei citar o nome dela para vocês que estão assistindo pela primeira vez) a cena muda, em vez de um corpo astral, um rosto não muito nítido em cor vermelha e um background de galáxia, da versão de 2002, na versão remasterizada, aparece o rosto de uma personagem que aparece logo no primeiro episódio, um corpo astral em cor rosa e no background, uma das lutas em que o GAT-X105 Strike Gundam terá que lutar. Logo na próxima cena, em vez da sequencia em que um piloto de TS-MA2 Moebius ficava tentando dar Lock-On em um ZGMF-1017 GINN e era cortado inutilmente no meio pelo GINN, da versão de 2002, temos uma sequência de batalha do GAT-X105 Strike Gundam contra o GAT-X102 Duel Gundam, GAT-X103 Buster Gundam e GAT-X207 Blitz Gundam, na versão de 2011.

Todas essas mudanças apenas na Opening, que coisa não?

Continuando, na parte em que aparece o capitão da nave que entra em Heliopolis juntamente com o Mu La Flaga, é possível perceber que os gráficos do capitão da nave ficaram estranhos na nova versão. Outra coisa perceptível, é que com a alteração para Widescreen, a imagem da versão de 2011 teve umas partes em cima e em baixo cortadas. Outra alteração foi a eliminação de uma placa "Kato" na versão remasterizada, na parte em que a garota com o chapéu tenta abrir uma porta azul e não consegue (Possivelmente, foi eliminada inconscientemente quando a resolução foi passada para Widescreen, ou foi mesmo propositalmente eliminada). Ah sim, outra coisa, durante a operação de invasão de Heliopolis, Miguel Aiman não está usando seu GINN customizado, como pode ser observado, já que o GINN dele não é laranja (Fato que deixa em dúvida se existe razão para terem decidido colocar o GINN dele na Opening). Agora, a próxima diferença está na ending. A música foi remixada, mas a animação continua igual. Outra diferença está na parte "Próximo Episódio", que em vez de apenas 20-30 segundos, na versão de 2011, é um pouco mais longa, com 40-50 segundos e outras cenas.

Resumindo: As grandes mudanças são percebidas na Animação da Opening, na música da Ending, que foi remixada, e em certas partes, o prejuízo para os gráficos que o resize proporcionou. Fora isso, foi um belo trabalho de resize e cleaning.

Finalmente: Aos que começaram a assistir Gundam Seed a partir dessa versão de 2011, não esperem lembrar o nome dos personagens e nem entender a história logo nos episódios iniciais. Com o tempo, ambos os problemas se resolverão sozinhos. Para aqueles que já assistiram Gundam Seed da versão 2002 e são fans, juntem-se a mim e torçamos para que essa versão Remasterizada do Gundam Seed possa tornar possível a criação de um filme do Gundam Seed, que aparentemente havia sido cancelado no passado.

2 comentários:

  1. Quem já assistiu o original, será que vale a pena assistir esse novo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, eu não sei você, mas eu sou fan de Gundam SEED, e de tempos em tempos eu revejo a série. Tem sido muito legal assistir de novo o Gundam SEED, mas dessa vez em qualidade muito boa, mas é possível que você, que já assistiu a versão antiga, perceba os defeitos que eu percebi. Apesar disso, é muito legal rever o anime, e graças à melhor qualidade, é possível notar mais elementos no background. Na minha opinião, vale a pena.

      Excluir