-->

24 dezembro 2011

Feliz Natal e Amagami SS (TV)



Bem, é natal, então resolvi postar para duas coisas. Primeiramente quero desejar um feliz natal a todos. Cada um sabe comemorar do seu jeito, seja com a família, amigos ou o(a) namorado(a). Porém, caso não ocorra nenhum dos casos, deixo aqui uma dica de série: Amagami SS. Um anime cuja história se passa na época do natal e retrata de maneira bem bacana o evento para os jovens japoneses.





- Título: Amagami SS
- Autoria: Enterbrain
- Estúdio: AIC
- Ano: 2010




OP:

video
"I Love" por Azusa

video
"Kimi no Mama de" por Azusa


Amagami é uma adaptação de uma Visual Novel homônima dos mesmos criadores de Kimikiss que, aliás, também teve uma adaptação para anime em 2007. Durante sua estreia, Amagami foi ligeiramente criticado pelos fans de seu “irmão mais velho”, o rotulando como “cópia de Kimikiss”, devido as semelhanças que iam desde a OP (abertura), até a narrativa.

O que eu acho?

Em parte os fans estavam certos, ambas tem suas semelhanças, começando pelo seu "estilo". Sabendo que eram originalmente Visual Novels, é de se esperar que fossem animes do gênero Harem, porém, Kimikiss virou dois de triângulos amorosos e Amagami, que é o que nos interessa no momento, vários universos paralelos. É complicado explicar isso sem saber a história, então contarei ela primeiro e depois voltarei.


Trecho da abertura de Kimikiss
Trecho da abertura de Amagami SS









Aparentemente, no Japão, natal é um dia parecido com o “dia dos namorados” por aqui, onde casais saem pelas ruas fazendo compras, aquela coisa toda. A história é a seguinte, Jun'ichi Tachibana conseguiu marcar um encontro com uma garota no natal, porém, ela acabou não indo, o que feriu muito o coração do jovem. Dois anos depois, próximo do natal, o destino parece lhe dar outra chance para amar.

Sim, o enredo é bem água com açúcar e sem profundidade alguma, mas funciona bem. Temos sete heroínas, pedir que eu conte mais sobre o enredo do anime faria com que eu soltasse detalhes importantes sobre cada uma delas. Reservarei-os para uma outra ocasião.

As heroínas são:

Haruka Morishima por Shizuka Itou
Kaoru Tanamachi por Rina Satou

Sae Nakata por Hiromi Konno
Ai Nanasaki por Yukana
Rihoko Sakurai por Ryoko Shintani
Tsukasa Ayatsuji por Kaori Nazuka


Risa Kamisaki por Mai Kadowaki
Mia Tachibana por Kana Asumi

Cada uma com um “universo”(ou arco) próprio de quatro episódios, salvo os da Risa e Mia que possuem apenas um. Como assim? Um arco é contado, focando apenas na relação de Jun'ichi com uma heroína, depois que eles ficam juntos (ou não), a história acaba e no próximo episódio tudo recomeça, porém, com outra heroína como protagonista. Quem assitiu Memories Off deve entender.

O fato de termos a história dividida desta maneira é tanto um ponto positivo, quanto negativo. Começando pelo negativo: O fato da história sempre recomeçar nos faz ter a sensação de que a história não anda, ficando aquele gostinho de mesmice. Vendo as coisas pelo lado bom, o fato de cada heroína ter sua chance com o protagonista evita que nós, fans, ficamos nervosos e/ou inconformados com a garota que o Jun’ichi escolhe, pois todas tem sua vez. No fim, cabe ao próprio expectador escolher qual dos universos é o que considera o verdadeiro.

Jun'ichi Tachibana por Tomoaki Maeno

Apesar de tudo, não vou dizer que o anime é imparcial com as garotas, pois alguns arcos recebem maior atenção que os outros, como, por exemplo, o primeiro (Haruka Morishima) que é o que introduz a série, então possui uma apresentação mais detalhada, e o “último”(Tsukasa Ayatsuji) – é o último levando em conta a série de TV, não o especial e OVA – que encerra o ciclo com um desenvolvimento melhor da relação dela com Jun’ichi. E há também os que são desfavorecidos, como no caso do arco de Rihoko Sakurai, que parece simplesmente não sair do lugar durante os seus muito mal aproveitados quatro episódios.

Da parte técnica eu digo o mesmo que os blogueiros disseram na época das primeiras impressões, o character design é mais “adulto”, ou seja, as garotas não possuem um visual infantil, aparentando mais maduras. A trilha sonora é correta: nem atrapalha, nem ajuda. As músicas de abertura e encerramento são, em geral, boas. (Particularmente dou preferência para as ED de Haruka Morishima e Rihoko Sakurai)

Acho que é isso, fica ai minha recomendação de natal, mais tarde comentarei individualmente cada arco. Até lá, um feliz natal e ótimo ano novo para todos.

OBS: Na próxima leva de animes (temporada) estreará Amagami SS +, segunda temporada da série.

Extra:

Eu sei que este não é um "viajando pelo youtube", mas resolvi deixar um presentinho para os fans de kimikiss, a OP da série ("Aozora Loop" da Marble), seguida de um vídeo MAD, a mesma OP só que com as personagens de Amagami, espero que gostem.




Feliz Natal

4 comentários:

  1. A análise ficou boa, apesar de ser muito superficial. Seria bom entrar em mais detalhes, se tiver mais detalhes essa série.
    Quanto a ver, infelizmente não verei. Detesto qualquer coisa relacionada a Visual Novel voltada a romance, com exceção de Steins;Gate.

    ResponderExcluir
  2. Os detalhes são muitos, caro colega Soneca, por isso mesmo os deixei para depois, quando farei uma postagem para cada arco. (só não sei quando...)

    ResponderExcluir
  3. E aí Kico7!

    Está aí uma recomendação bem apropriada onde o Natal não é apenas um episódio Filler ou então um Especial da platinada Rede Globo,ambos rasos para a festividade da data.E mesmo que tenha um rasidão presumida de Amagami,ainda assim tem mais profundidade do que a costumeira.
    Em relação ao desenvolvimento da série,a adaptação em quantidade em consenso penderia para determinada(s) personage(-m,-ns),por outro lado pelo que se fala em reviews o desenrolar como um todo é satisfatório.
    Com relação a "semelhança" com Kimikiss,"covardia"(rsrs) o vídeo comparativo postado no YouTube.
    E em outro ponto enquanto as meninas de Kimikiss aparentam ter 13 ou 14 anos as de Amagami devem ter uns 16 ou 17 anos,a razão aí da atribuída maturidade ascendente que se nota.
    Quanto ao post,resultado bom em traçar paralelos e identificar personagens.

    Nota : 1.As demais versões das OPs/EDs de fãs no YouTube também são interessantes.
    2.Agora com a nova animação de Amagami mais trabalho para continuação de resenhas. ;-P

    Flw!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, brother anônimo. Fico feliz em saber que alguém andou lendo de verdade nossos posts, hehe.

      Achei relevante escrever sobre Amagami pois é um anime onde o natal é muito relevante para o desenrolar da história.

      Não sei dizer se a diferença do character design fica pelas equipes responsáveis pelos animes (AIC para Amagami e JC Staff para Kimikiss)ou pelas obras originais, já que eu não as joguei. Mas eu palpito pelos estúdios, pois você deve saber que JC Staff é famoso por fazer personagens aparentando jovens com aquele ar "fofo".

      Farei as resenhas num futuro indeterminado (por hora não estou na pegada de rever tudo nos detalhes por hora, mas posso garantir que hora ou outra eu farei)

      A versoes dos fans no youtube sempre são criativas, pena que estão em risco com todo esse papo de direitos autorais!

      Excluir